É mesmo para o que for...menos para fazer negócios, ler a sina ou prescrever medicamentos...!!!!!

14
Ago 07
Pois é...lá reapareci!
Prometi uma longa e intensa meditação sobre a "teoria da irrelatividade"...então...sentem-se confortavelmente com o vosso cafézinho, cigarrinho, chocolatinho, amiguinho...ou qq. "inho" que o valha e absorvam:
È "Irrelativo" que estejamos à espera de grandes e brutais mudanças no dia à dia , porque é irrelativo que isso interesse a quem nos governa...mal governa...pouco governa...desgoverna...olhem...já não sei, o que fazem...é tipo Monopólio e Jogo do Risco com a Macaca à mistura, sendo a Macaca o "Poder", e nós , os quadrados a giz, que são calcados , umas vezes com 1 pé , outras com os 2 e depois vem um carro ou a chuva, e ...pronto... lá fomos nós!
No outro dia ouvi falar dos incentivos à natalidade, ( natalidade vem de Natal, era isto não era? Vão dar cerca de 150€ ás futuras mamãs para comprar coisinhas para o Natal não é?!?) Sim deve ser, porque certamente sabem fazer contas e duvido muito que lá em casa dos senhores 150€ cheguem para a filha, mulher , neta... fazer Ecos, tirar sangue quase todos os meses, comprar cálcio e ferro, e comprimidos para os vómitos, creme gordo para a barriga, meias elásticas para as pernas, calças com barriga para estarem mais confortáveis sem apertar o bebé...ou não???? Não era nada disto?! Então?
Ah, já sei...é para juntar e para fazer um pé de meia para o rebento, para as coisinhas que vai precisar, e que até não são muitas, especialmente fraldas, é coisa que se gasta pouco!
Sim deve ser isto porque , dando um exemplo prático e pessoal....o/a pequeno/a não tem de se preocupar com mais nada a não ser papar o leitito da mãe...ou da lata, porque a mamã pode não ter leite,( não sei se os senhores sabem disso)!
Bem , mas a lata de leite também não é assim nada por aí além e dá perfeitamente para 1 semana!
Outro caso prático: as consultas no centro de saúde. Também não há problema nenhum, o rebento pode ser visto por uma módica quantia , pode é não ser logo, pois a consulta do 1º mês pode ser marcada para 1 mês depois , mas não há problema nenhum desde que os papás tenham €s para ir a 1 particular, pois o pequeno não vai ficar sem médico desde que nasce até ter 2 meses e meio não é?
Bem...dirão alguns : " antigamente criavam-se" direi eu : "antigamente andávamos de carroça, agora de carro , mota, camioneta, avião , space shutle..e dos meus eu é que sei!
Seria muito bom que estes incentivos começassem onde faz sentido, na educação, na saúde , nos acessos, onde realmente importa e dói.
Ter mais bebés para o país não envelhecer até não é má ideia, má ideia é ter mais bebés e depois não se saber muito bem como os criar, pensar 2 vezes se conseguiremos dar-lhes o que precisam, se teremos quem cuide deles quando formos trabalhar, se conseguiremos pagar as mercearias todas, quando eles passarem pelos acessos de fome característicos da adolescência...há quem faça das tripas coração para se manter, e aos seus, com pouco mais que nada no bolso, mas desde que isso signifique que o país não envelhece...os senhores dos Monopólio agradecem!!!
publicado por mimi às 03:25
tags:

Prendinha para a visita 6000 a caminho, no meu blog... hihihi
Bjinhos
Gigi a 18 de Agosto de 2007 às 16:56

Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO